Precisa de ajuda com seu atendimento?

Introrvertido/Extrorvertido

Para Jung  o tipo introvertido seria aquela pessoa que precisa voltar-se para seu mundo interior e explorá-lo, pois os seus referenciais lá se encontram.

As pessoas com essa característica de personalidade têm mais facilidade com atividades que envolvam foco, estudo, reflexão e por isso apreciam a solitude. Se sentem mais criativos e livres quando tem privacidade.

Enquanto o tipo extrovertido experimenta em seu mundo exterior os elementos referenciais dos quais precisa. Preferência por interações sociais, experimentar sensorialmente as coisas, colocar a mão na massa, atividades com movimento sentem-se mais criativos e livres dessa forma. Os extrovertidos treinam as habilidades sociais.

Geralmente atividades sociais envolvem um certo nível de tensão e ansiedade para os mais introvertidos pois uma estrutura cerebral chamada amigdala é mais sensível, ou seja, percebem os estímulos de forma mais intensa, por exemplo, som do ambiente, cheiro, linguagem corporal, e as energias mais sutis, por vezes pode tornar-se exaustivo atividades sociais. Isso acontece porque a amigdala dispara uma série de neurotransmissores no cérebro que fica super ativo então a pessoa já recebe a quantidade de dopamina, noradrenalina, serotonina, oxitocina que precisa no dia , por isso pode sentir a necessidade de estar sozinho no seu universo particular, concentrado nos seus projetos exercitando o raciocínio, observação, reflexão e criação artística. Já o extrovertidos precisam de mais estímulos externos para ter a dose diária de neurotransmissores. 

Para os introvertidos pode ser exaustivo ou entediante estar em grupo por muito tempo. A solitude é uma forma natural de se reabastecerem energeticamente, quando não se conhecem e não respeitam seus limites se sentem esgotados constantemente.  

Por não desenvolverem habilidades sociais os Introvertidos com frequência sentem-se inadequados. 

A sociedade pautada pela lógica do sucesso tende a valorizar mais o tipo extrovertido. No mundo corporativo por exemplo o show man que faz palestras é carismático, e sabe vender suas ideias. A pessoa engraçada que faz piada, e tem atenção de todos.   

Quem é visto é lembrado. Conceito básico de marqueting.

Quando o introvertido sai da sua zona de conforto e expõe naturalmente respeitando seus limites um pouco do seu universo particular e dos seus projetos não precisa querer parecer o que você não é, tente expressar suas ideias, compartilhar seus insights. Assim podem contribuir e também conquistar seus objetivos.

Introversão não é o mesmo que timidez. Estima-se que um terço da população, são introvertidos.

Pessoas que se identificam com o tipo introvertido e que desenvolveram a excelência na sua área: Bill Gates, Christina Aguilera, Albert Einstein Emma Watson, Mahatma Gandhi.

Cada pessoa é especial e única.

Cada um tem sua maneira de existir.

Aflorando sua natureza de uma forma mais harmônica cada pessoa pode contribuir da sua forma.

Rótulos não são para pessoas, na maior parte do tempo estou introvertida mas principalmente se eu estiver com pessoas que eu tenho mais intimidade ou falando sobre um assunto que eu domino posso estar mais extrovertida. Você identifica quando está mais Introvertido ou Extrovertido? Comenta aqui. Quer se conhecer mais? Agende sua sessão on-line comigo.

Ying/yang

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *